TRANSLATE

21 de julho de 2015

Brasil - Distrito Campos de Holambra (Paranapanema/SP) 25km



Graal Holandês














Distrito Campos de Holambra





Mapa Campos de Holambra



Construção/Abrigo






Av. das Posses




Tulipa Gigante
Grote Tulp





Moinho de Vento I
WindMolen I





Posto Entrada da Cidade
Checkpoint





Posto Holambra
Benzinestation




Cooperativa Agro-Industrial Holambra









Moinho de Vento II
WindMolen II




Museu de Campos de Holambra












Escola Municipal / Arquitetura




















Calçada Temática






Paróquia São José





Associação Beneficente
De Horizon





Monumento



Painel Digital
Hora/Data/Temperatura/Notícias




Tamancos Holandeses
Nederlandse Klomplen





Trabalhadora Holandesa
Nederlandse Werkende





Banco Santander



Banco do Brasil




Monumento aos Imigrantes
Monument Immigranten



Campos de Holambra (Paranapanema/SP): primeiro de tudo pessoal, não confundir essa cidade que fui pedalar de Campos de Holambra em Paranapanema com Holambra/SP (perto de Campinas/SP). O distrito têm aproximadamente menos de 10.000 habitantes, o local não tem ciclovias no momento... os pontos turísticos são interessantes: Museu da Cidade, Monumentos e Estátuas diversas, Catedral, Escola Municipal, Moinho Holandês, Arquitetura... até mesmo o Graal Posto de Abastecimento respeita a cultura local com a temática Holanda no desenho, cores, desenhos, formas e produtos oferecidos...  além dessa cidade de colonização holandesa há muitas outras pelo Brasil: 

Arapoti/PR
Carambei/PR
Castrolanda/PR
Campos de Holambra/SP
Não-me-Toque/RS 

Essas cidades organizam competições esportivas entre os descendentes de holandeses residentes nos municípios citados acima, esse evento chama-se Zeskamp. Acontece uma vez por ano, sempre em uma cidade diferente no mês de julho. Os esportes praticados são: futebol, vôlei, tênis, futsal... entre outros exercícios que remetem a cultura holandesa.

A cidade possui uma grande Cooperativa Agro Industrial Holambra-Paranapanema que desenvolve e emprega muitas pessoas no distrito através do cultivo de grãos, frutas e flores desde 1960. A tulipa, flor símbolo da Holanda por incrível que pareça é uma flor de origem da Turquia, mas foi importada, levada pelo botânico Conrad Von Gesner para a Holanda onde se desenvolveu muito bem comercialmente. Quanto aos moinhos que exitem em Campos de Holambra acredito serem do modelo "Torenmolens" (Moinho de Torre) pois ele é de tijolo e de forma cilíndrica.

Chegando na cidade pela Rodovia Raposo Tavares bem no trevo já há a placa "Campos de Holambra" em madeira e uma construção típica parecendo um abrigo. Pedalando pela Av. das Posses tem a bandeira do distrito no canteiro central da avenida e cercado por ambos os lados com as construções da Cooperativa Agro Industrial Holambra II, muito silos, armazéns, equipamentos agrícolas, galpões, sedes administrativas... há o Portal de Entrada da Cidade composto por um Moinho e uma construção branca/verde com monitoramento por câmeras, um posto de gasolina À direita e um posto policial à esquerda. Ao avançar pelo "Monumento aos Imigrantes" na rotatória pode-se escolher seguir à direita para alguns pontos turísticos: Museu, Escola Municipal, Catedral, Cooperativa, Bancos do Brasil/Santander... ou ir reto pela própria Av. das Posses onde há muitos monumentos e estátuas temáticas no canteiro central... ainda seguindo adiante há momento que a avenida principal tem praças, locais de convívio, prédio públicos temáticos dos correios, posto de saúde e até mesmo uma linda praça chamada "Nações Unidas", tudo muito organizado e limpo.


Aqui em Campos de Holambra/SP do Portal de entrada da cidade até os campos de cultivo de flores a distância dá aproximadamente 7km: siga pela Av. das Posses descendo da entrada até o fim... vire a esquerda... ai tem 2 opções... você pode ir no Simon Steltenpool (Flores e Frutas) ou seguir um pouco mais adiante em linha reta até o PiraFlora (Mudas e Flores)... ambos são de extrema qualidade!!!


Senti falta de um local temático para me alimentar com gastronomia holandesa: restaurante, bar, quiosque, comida sobre rodas, padaria... mas mesmo assim deu para achar um supermercado e comprar algumas cervejas de origem holandesa: Amstel e Heineken.


Amstel - Lata 473ml R$2,59


Heineken - Lata 250ml R$2,29


Se você pesquisar no google restaurante holandês com certeza terá imensa dificuldade de encontrar na sua região... pois a culinária holandesa não é tão popular, nem barata!!! Mas mesmo assim, já tive o prazer de experimentar alguns pratos típicos, tais como: 

Stampot - salsichão fatiado com purê;
Frikandel - churrasco de salsichão com molho típico;
Zure Haring - peixe arenque cru ou defumado;
Patat - batata frita no cone de papel comi muito na rede de fast-food BelgaMix;
BitterBalen - bolinho de carne;
Kaassoufflé - risole de queijo;
Stroopwafel - wafel recheado para comer junto com um bom café quente;


Patat - Batata no Cone de Papel

Zure Haring - Arenque Defumado


... e muitas outras que agora não lembro de cabeça, principalmente na rede Quickies que investiu uma fortuna em máquinas de alimentação automática no centro de São Paulo-SP, saídas do MetrôSP estação São Bento na Ladeira Porto Geral em São Paulo Capital, tudo muito fresquinho à preços populares...



Vendind Machines nas ruas
Ladeira Porto Geral e
Rua 25 de Março


... assim como a rede de lojas A Holandesa, quando fui a primeira todo feliz acreditando que o nome tinha haver com os produtos oferecidos... forte engano... somente o composto de marketing remete a culinária holandesa pois quando olhamos o cardápio verificamos que de holandês não tem nada... os doces são bons e caros... mas talvez o único de sinal de Holanda seja a torta holandesa, que pra quem não conhece a história a torta holandesa foi inventado pela Bélgica e adotada pela Holanda... 





Torta Holandesa





LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...